Auxílio de R$600: Resultado da análise do cadastro sai hoje, diz Caixa

Será liberado um primeiro lote daqueles que efetuaram o cadastro através do aplicativo “CAIXA Auxílio Emergencial”

Caixa Econômica Federal confirmou que o resultado da análise do cadastro tem previsão de ser liberado na manhã desta terça-feira, 14 de abril, pela Dataprev. Será liberado um primeiro lote daqueles que efetuaram o cadastro através do aplicativo “CAIXA Auxílio Emergencial” e pelo site oficial que cumprem os critérios de elegibilidade do benefício.

Segundo a Caixa, quem fez o cadastro através do site ou aplicativo, o pagamento vai ser iniciado a partir da próxima quinta-feira, 16 de abril.

A Caixa disse ainda que vai pagar ainda nesta semana o auxílio emergencial a 9,4 milhões de pessoas que já estavam cadastradas no Cadastro Único (CadÚnico). Além disso, o banco informou que o dinheiro também será liberado para quem recebe o Bolsa Família. Serão depositados, ao todo, R$ 4,7 bilhões.

Para realizar o pagamento do benefício, serão abertas mais de 6,6 milhões de poupanças digitais totalmente gratuitas. De acordo com informações da Caixa, até o momento o auxílio emergencial foi pago para mais de 2,5 milhões de brasileiros, que receberam juntos R$ 1,5 bilhão.

Até as 19 horas desta segunda-feira, 13 de abril, mais de 34 milhões de brasileiros já haviam se cadastrado no aplicativo e no site do banco para receber o auxílio emergencial de R$ 600 R$ 1.200,00.

Bolsa Família

Os brasileiros cadastrados no Bolsa Família vão receber o auxílio emergencial de forma automática. Entre o Bolsa Família e o auxílio emergencial, vai ser creditado o benefício de maior valor, para todos que tiverem direito. Nesta semana receberão 2,7 milhões de beneficiários do Bolsa Família vão receber o auxílio emergencial.

Solicitação do auxílio de R$600

Os trabalhadores poderão solicitar o auxílio emergencial de R$600 das seguintes formas:

De acordo com o ministro Onyx Lorenzoni, será possível fazer o registro em agências da Caixa ou lotéricas somente para quem não tem acesso à internet. O cadastro presencial será uma exceção, apenas em último caso.

Primeira parcela

A primeira parcela vai ser paga da seguinte maneira:

  • Os cidadãos que estão no Cadastro Único que não recebem Bolsa Família e têm conta no Banco do Brasil ou poupança na Caixa Econômica Federal, vão receber a partir do dia 09 de abril, quinta-feira;
  • Quem estiver no Cadastro Único, não receber Bolsa Família e não tiver conta nesses bancos: recebe terça-feira, 14 de abril;
  • Os trabalhadores informais que estão no Cadastro Único: em 5 cinco dias úteis após inscrição no programa de auxílio emergencial (veja como se inscrever  logo abaixo); e
  • Quem for beneficiário do Bolsa Família, nos 10 dias úteis de abril, seguindo o calendário regular do programa.

Segunda parcela

Será paga da seguinte forma:

  • Os cidadãos que estão inscritos no Cadastro Único, mas que não recebem Bolsa Família e trabalhadores informais inscritos no programa de auxílio emergencial: vão receber entre 27 e 30 de abril
  • Os Beneficiários do Bolsa Família: vão receber nos últimos 10 dias úteis de maio, seguindo o calendário regular do programa.

Terceira parcela

Será paga da seguinte forma:

  • Os cidadãos que estão no Cadastro Único que não recebem Bolsa Família e trabalhadores informais inscritos no programa de auxílio emergencial. Receberão o auxílio entre 26 e 29 de maio;
  • Os benefícios do Bolsa Família vão receber nos últimos 10 dias úteis de junho, conforme calendário regular do programa.

    Fonte: Notícias de concursos